sábado, 6 de abril de 2013

Há gestos que merecem ser considerados!



O meu avô paterno já foi um ídolo e já foi uma desilusão. É uma pessoa que tem um dom especial para flores e abelhas. Foi um homem que se viu sozinho, com dois filhos homens para criar, no auge da vida. Foi um homem que precisou de se voltar a casar. E foi aí que começou uma grande panóplia de mini erros que lhes tem custado a presença dos seus de sangue. Nesta Páscoa, dado o tempo que estava, não tive a mínima vontade de sair de casa para ir fazer "capelinhas" e fazer visitas por obrigação. Não me apeteceu e o que é certo é que não fui. Criou-se em mim uma certa aversão a fazer coisas por obrigação ou respeitando o politicamente correcto. Mas no dia seguinte, na segunda-feira, ao passar numa rua próxima de onde mora, fiz inversão de marcha e parei lá. Ele estava a estender a roupa. Entrei e ficamos uns 30 minutos na conversa que, por muito estranho que pareça, fluiu livremente e não foi forçada. Como as flores são o seu forte lá andei com ele, no alto dos meus saltos, pelo meio dos campos de cultivo a examinar minuciosamente as suas novas aquisições. Quando entramos na casa ele chamou-me a atenção para 5 jarras improvisadas com camélias que, como por magia, tinham florescido imponentemente nesta Páscoa. O meu ar deslumbrado não lhe deve ter sido indiferente e ele pega na mais bela camélia que lá tinha (a branca da foto!) e ofereceu-me. O espanto e o orgulho inundaram-me o coração e fizeram-me ficar contente com a decisão de regresso que tomei, baseada num passado feliz que um dia ocorreu. E a velha máxima dos favores em cadeia comprova-se mais uma vez. Ainda vale a pena termos gestos bonitos, feitos com o coração, mesmo que seja para aqueles que nos magoam. Mais cedo ou mais tarde o coração dos mesmos falará mais alto e inundará as suas atitudes de graciosidade e entrega. Eu acredito.

2 comentários:

esquecimedeviver disse...

Eu também acredito e tenho a certeza que aquele gesto dele te encheu o coração.
Bom fim de semana.
Bjs

From now on, please, call me Tinkerbell* disse...

Fiquei com a alma em paz... como tantas vezes acontece quando me presenteiam com gestos destes, sem eu estar a contar! :)

Um bom fim de semana Vivi :)