segunda-feira, 30 de abril de 2012

Quando é que esta doença cabra é controlada?! Quando é que deixa de separar amores, roubar família, despedaçar vidas e destruir sonhos? Quando?!



E aperta-se qualquer coração com este desabafo!*

I'M FEELING THIS #21



Todos sabemos que muitas destas marcas só desaparecem ou se desvanecem quando uma outra pessoa vem ocupar o lugar principal no palco da nossa vida, mas será que estamos verdadeiramente preparados para deixar isso acontecer quando, em eventuais oportunidades que surgem, as inevitáveis comparações que logo são feitas derrotam a nova pessoa sem possibilidade de recurso?
para reflectir. |daqui|



And they laughed at you as you packed all of your things.
And they wonder why you're frustrated.
And they wonder why you're so angry.
And is it just me 
Or are you fed up?

Oh, yes i am!*

domingo, 29 de abril de 2012

Hoje, é isto que marca o futebol português!*

~

E é triste... muito triste!*



Gostava que, findo este tempo, tivesse ficado mais que desilusão e vazio. Gostava de poder recordar com ternura, gostava de exaltar detalhes, gostava de sorrir só pelo simples acto de lembrar. Mas não, infelizmente não. Não há esperança que a magia volte a caracterizar aqueles momentos. Há, antes, uma nuvem sombria de incerteza... incerteza da realidade que os acompanhava. São momentos cada vez mais desconectados. Quebra-se o fio condutor, inconscientemente. Tudo deixou de ter sentido. Tudo deixou de ser autêntico. Tudo vai morrendo dentro de mim... com aquele gosto amargo de dúvida de, alguma vez sequer, ter sido sentido. Gostava que, findo este tempo, tivesse ficado mais que desilusão e vazio. Gostava que tivesse ficado o cheiro, a segurança, o toque, o riso, o delicadeza. A sério que gostava! Mas há mágoas e incoerências que (ainda!) cortam como facas. Bem cá dentro. Bem fundo. 

Dos acordos sinceros...



sábado, 28 de abril de 2012

Música que se um dia dissessem que eu ia ouvir em modo repeat, eu mandava internarem-me! #11



O nível desta música está próximo dos índices de taquicardia aceitáveis. A mim só me apetece desatar a correr, desatar aos saltos e queimar muita energia como se não houvesse amanhã. São crises nervosas que me dão...

I'm so glad!*



He is so f*cking famous!*



Guilty Music Pleasure #2



E eu contigo ia ver os aviões, o Porto de Leixões, a lua, a América, os foguetões... até queimar pneus! Ciao bello Marlon*

DAS ÓPTIMAS SENSAÇÕES...


... quando percebemos que aquilo que nos foi tirado ao longo da vida e que tanto nos fez sofrer, afinal de contas, foi uma benção dos céus!

sexta-feira, 27 de abril de 2012



Gostava de perceber que orgulho é que dá aos adeptos de outros clubes nacionais mandarem papaias acerca da infelicidade que aconteceu hoje ao Sporting. Deviam estar era orgulhosos por, ainda, alguma equipa nacional dar frutos na Europa, a esta altura do campeonato. E enquanto formos umas bestas egoístas, felizes pelas derrapagens dos outros, com pouco espírito nacionalista, demonstramos a realidade que nos habita enquanto sociedade: nada podemos enquanto não nos unirmos. Palavras de uma benfiquista mas, sobretudo, de uma portuguesa desiludida. 

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Tem dias que só me apetece dizer...



... para bem longe!*

O tempo convida à depressão...



... e certas músicas também!*



Diz que é uma espécie de Técnica de Farmácia. #3



Aviso à navegação: Caros utentes... Estão a ver aquelas lindas folhas que vos "dão" no Centro de Saúde, as quais intitulam por receitas.. estão a ver?! Da próxima vez que ousarem cortá-las, dobrá-las mil vezes e borrá-las com terra, lama e excreções de todo o tipo, lembrem-se que é trabalho de outras pessoas pegar nelas, imprimir-lhes dados importantes, enviá-las para conferência para, assim, poderem receber o belo do dinheiro que vocês não pagam. Se fizerem a tudo o que é vosso o que fazem às receitas... nem quero pensar no índice de badalhoquice que praticam diariamente! Argh!*

quarta-feira, 25 de abril de 2012

DO AGRADECIMENTO POR MAIS UM DIA...



Ao fazer a avaliação do dia de hoje senti uma ligeira frustração por ter sido passado, na sua maioria, literalmente na cama. Não gosto de dias em que só faço uma coisa, ou dias em que actos preguiçosos têm maior evidência. Depois pensei melhor e constatei que estava completamente enganada. Com os inúmeros afazeres que me seguem, pelo menos, até Junho, pouco tempo ou nenhum tenho tido para estar com os meus primos. Hoje dediquei o meu tempo todo a fazer-lhes companhia, a conversar com eles, a ver vídeos do Benfica e do Cristiano Ronaldo, a ler histórias, a cochilar, a jogar Mikado. Eram só para ficar 2h e acabaram por ficar 5h. Se cobertores, cama, pijamas e robes servem para lhes proporcionar um bom dia, eu fico grata por ser preguiçosa e partilhar algo meu: a cama que me faz, todos os dias, sonhar um pouco mais, acreditar um pouco mais, melhorar um pouco mais. Tal como vou fazer agora.

Decisões instantâneas...



Vou ver se ainda tenho coração, pulmões, glúteos e gémeos disponíveis. 

FACTO #52


O homem que evita dúvidas, nunca terá certezas. 

DA LIBERDADE...



O único impossível é o que julgarmos que não somos capazes de construir. Temos mãos e um número sem fim de habilidades que podemos fazer com elas. Nenhum desses truques é deixá-las cair ao longo do corpo, guardá-las nos bolsos, estendê-las à caridade. Por isso, não vamos pedir, vamos exigir. Havemos de repetir as vezes que forem necessárias: temos direito a viver. Nunca duvidámos de que somos muito maiores do que o nosso currículo, o nosso tempo não é um contrato a prazo, não há recibos verdes capazes de contabilizar aquilo que valemos. 
Vida, se nos estás a ouvir, sabe que caminhamos na tua direcção. A nossa liberdade cresce ao acreditarmos e nós crescemos com ela e tu, vida, cresces também. Se te quiserem convencer, vida, de que é impossível, diz-lhe que vamos todos em teu resgate, faremos o que for preciso e diz-lhes que impossível é negarem-te, camuflarem-te com números, diz-lhes que impossível é não teres voz.

in Abraço
|José Luís Peixoto|

terça-feira, 24 de abril de 2012

Amiguinho...



... "Olá" pela quinquagésima vez!*
Vamo' lá a ver se ainda consegues fazer-me vibrar como das outras vezes!
Boa Sorte*

Guilty Music Pleasure #1






Nate Ruess dos Fun!

♥ Google!*






segunda-feira, 23 de abril de 2012



A minha mãe dizia que amar significa dar chances quando não existem mais chances para dar. Sei que soa mais a título de uma qualquer música country do que a filosofia de vida mas acho, sinceramente, que ela estava certa.
in One Tree Hill
|Season 9, Episode 12|



Acredita... ainda estás a tempo de ser exactamente aquilo que anseias! Está nas tuas mãos a mudança. Por favor, não a desperdices uma vez mais... Acredita em ti! Não és má pessoa... só não tens feito, do que és, o melhor que consegues e é possível. 
Muda por ti... deves isso a ti mesmo! 

domingo, 22 de abril de 2012

O João Paulo foi apanhado pelo Alfaiate Lisboeta...



... e eu tenho o prazer de lhe conhecer algumas extravagâncias. 
Acreditem... é tão louco quanto aparenta!*




Fé é crer no que não se vê; a recompensa desta fé é ver o que acreditas.

DO DIA DA TERRA...



Proteger o ambiente natural para construir um mundo de paz é dever de toda a pessoa. Trata-se de um desafio urgente que se há-de enfrentar com renovado e concorde empenho; é uma oportunidade providencial para entregar às novas gerações a perspectiva de um futuro melhor para todos. (...) a salvaguarda da criação e a realização da paz são realidades intimamente ligadas entre si. |Bento XVI|

sábado, 21 de abril de 2012

Hoje...



... em mais um aniversário do meu herói!*

Há pessoas que valem cada segundo das nossas vidas!*

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Porque eu não sou alérgica a filmes portugueses...



Este já se encontra na lista de espera. 
Aguardo ansiosamente...



David Fonseca, em modo coelhinha da Playboy
Gorgeous...



Soba Lobi, d' Os Pontos Negros. 
Com toda a certeza do mundo, o meu próximo álbum de bolso. 

Dei-te o melhor de mim ♥ #7






Tudo aquilo deveria ter algum significado. Afinal, o passado morrera e tudo o que lhes restava era o futuro.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Diz que é uma espécie de Técnica de Farmácia. #2



Vende-se muito, ganha-se bónus! 
Há delegados de informação médica fantásticos, não há?!*

Dei-te o melhor de mim ♥ #6






O amor, afinal, dizia sempre mais acerca de quem o sentia do que acerca da pessoa amada.

E quem não se arrepiar dos pés à cabeça, não é dotado de qualquer tipo de sensibilidade...



Em modo repeat por mais uns quantos meses!*

quarta-feira, 18 de abril de 2012

FACTO #51


Uma pessoa pode sentir-se isolada, mesmo sendo amada por muita gente... só pelo simples facto de não ser a única de ninguém! 
|O Diário de Anne Frank|

... também, tinha que ser boa em alguma coisa!*



terça-feira, 17 de abril de 2012

Diz que é uma espécie de Técnica de Farmácia.


Temos a certeza de que temos que pedir a reforma, mesmo antes de completarmos um ano de serviço, quando procuramos um medicamento chamado Manuel Gravato e colocamos no recibo Co - Tareg. Isto está muito lindo minha gente, muito lindo!*

Dei-te o melhor de mim ♥ #5






- Tens de perceber que já não sou a rapariga que era dantes. Debato-me com as escolhas que fiz e cometo erros e passo grande parte do tempo a interrogar-me sobre quem sou realmente ou se a minha vida tem algum significado sequer. Não sou, nem nunca fui, de modo algum uma pessoa especial. Tens de perceber isso. Tens de compreender que sou apenas... uma pessoa vulgar.




Todos ouvimos os avisos e acabamos por os ignorar. Vamos na sorte. Arriscamos. Brincamos com o fogo. É algo que caracteriza a natureza humana. Quando somos avisamos para não tocar em algo, acabamos por tocar... mesmo não sendo uma boa ideia. Talvez porque, lá no fundo, estamos a pedir, encarecidamente, por confusão. Aquela confusão que desencadeará, finalmente, a vida entorpecida...
Grey's Anatomy
|Season 8, Episode 18|

Shakespeare sabia umas coisas!*


Sendo o fim doce, que importa que o começo amargo fosse?

segunda-feira, 16 de abril de 2012

...lá está!* #2



Se é para ter saudade, que seja uma saudade correspondida.

FACTO #50


Agora o caminho já não é feito sozinho... antes, em silêncio!*

domingo, 15 de abril de 2012



Quando as palavras se tornam ocas de significado, ainda nos resta as acções para garantirmos, a nós mesmos, a sua veracidade. Valha-nos a chance remota das acções para não nos iludirmos nem iludir terceiros. E, não é por querermos que sejam verdadeiras, que elas, como que por magia, se tornarão. Deixai de vos enganar, seres crentes e parcos em atitudes decisivas. Pode a vossa carência, o vosso descontrolo, a ausência que magoa, a desilusão, a frustração e até a mesquinhez trair-vos naquilo que proferem... mas não terão, nunca, a chance de vos queixardes de algo que fizeram. Porque fazer implica consciência, implica decisão, implica atitude, implica razão que se transforma num motivo... ou seja, um conjunto grande de critérios definidos e pensados. E aqui, me perdoem, mas não têm desculpa que vos valha.
Ontem senti que as palavras que proferi foram ocas, foram pouco verdadeiras, pouco fortes em verdade. Hoje não vou acoplar-lhes atitudes. Tentarei, pelo menos, não aumentar o erro. 

sábado, 14 de abril de 2012



Ele - Em todas as esquinas da cidade estão colados autocolantes com esta frase.
Ela - Qual?!
Ele - A desta foto que estou a ver e que já pensei para cima de 500 vezes, enviar-ta. 
(Enquanto lhe mostra a foto...)
Ela - Que ternura. E porque é que não enviaste?!
Ele - Porque estive para cima de 500 vezes a pensar no que havia de dizer a acompanhá-la.
Ela - E ela não fala por si só?!
Ele - Aí está o meu problema. 

sexta-feira, 13 de abril de 2012



Eu também sei iludir, sei coleccionar corações.
Eu sei fazer com que as lágrimas caiam.
Eu sei enganar, sei brincar de ilusão.
Só que interpretar esse papel, definitivamente, não vale a pena!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

quarta-feira, 11 de abril de 2012

FACTO #49


Os problemas deviam conduzir-nos à acção e não à depressão! |Paulo Coelho|


Tenho cá para mim que a Vodafone me considera uma pessoa limitada. Isso, ou então é pouco eficiente. Se sempre que deixamos o prazo de carregamento obrigatório expirar, ficamos sem comunicações a partir das 00h, porque raio é que a mensagem de aviso chega 12h depois?! 
Vai na volta e o nosso cérebro não entende o significado de "a utilização do seu Yorn não é permitida!". 
Também pode ser!*

I believe in memories. They look so pretty when I sleep...



... & so much better when we were together! 
Believe that!*

terça-feira, 10 de abril de 2012

Dei-te o melhor de mim ♥ #5







...uma vibrante e vívida versão do passado que nunca chegara realmente a abandoná-la.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Dei-te o melhor de mim ♥ #4




Foi então que ela percebeu, com a distância que a idade e a maturidade trazem, como ele a amara naquela altura. "E como ainda a amava", sussurrou-lhe uma vozinha interior. De repente teve a estranha sensação de que tudo aquilo que haviam partilhado no passado não passara dos capítulos iniciais de um livro cujo desfecho ainda estava por escrever.

Dei-te o melhor de mim ♥ #3







E ela preferia a incerteza, quanto mais não fosse porque lhe permitia recordá-lo como ele costumava ser.

domingo, 8 de abril de 2012



Fizeram-nos acreditar que o amor verdadeiro só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não nos contaram que amor não é accionado, nem chega com hora marcada. 
Fizeram-nos acreditar que cada um de nós é a "metade de uma laranja", e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não nos contaram que já nascemos inteiros, que ninguém na nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: cada um cresce através da si mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. 
Fizeram-nos acreditar numa fórmula chamada “dois em um”: duas pessoas a pensar igual, agindo de igual forma, pois era assim que funcionava. Não nos contaram que isso tem um nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável. 
Fizeram-nos acreditar que casamento é obrigatório e que desejos "fora de horas" devem ser reprimidos. Fizeram-nos acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são confiáveis, e que sempre haverá um "chinelo velho para um pé torto". Só não nos disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto. 
Fizeram-nos acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas também dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que se pode tentar outras alternativas. Ah, também não nos contaram que ninguém vai contar isto tudo. Cada um vai ter que descobrir sozinho. 
E aí, quando estiveres muito apaixonado por ti mesmo, vais poder ser muito feliz e apaixonares-te por alguém.

|John Lennon|

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Dei-te o melhor de mim ♥ #2




Também discutiam, e fora então que ele vislumbrara a natureza inflamada dela. As dissidências não eram constantes, mas também não eram infrequentes; curiosamente, por mais depressa que os ânimos se exaltassem, também se extinguiam com igual celeridade. Às vezes era por coisas sem importância - ela era bastante opiniosa - e atacavam-se furiosamente durante uns instantes, sem chegarem a qualquer espécie de acordo. Mesmo naquelas ocasiões em que ele se irritava a valer, era-lhe impossível não admirar tamanha franqueza, uma franqueza que radicava no facto dela o amar mais do que alguma vez alguém o amara na vida. 

Não duvido!*




Hi gorgeous... you made me so happy!*



E depois existem aquelas pessoas...


... que nos acordam a meio da noite só para dizer: Adormeci... mas não te esqueci!
E é pelas gargalhadas que me provocam que assumo que a minha vida é povoada de personagens estranhas que me fazem gostar delas exactamente por isso, por serem diferentes. 

terça-feira, 3 de abril de 2012



Mas deviam sumir de mim da mesma forma que somem da maioria das pessoas. 
Quem me manda ser tão intensa?! Agora aguenta-te...

domingo, 1 de abril de 2012

DIA MUNDIAL DA JUVENTUDE '12...



É voluntariado.


É comunicação.


É trabalho conjunto.


É esperança que renasce.


São favores retribuídos. 


São lágrimas derramadas num auditório escuro, enquanto se volta a ler mensagens que um dia fizeram sentido, enquanto se lembra um concerto memorável.


É uma terra que nos acolhe.


É um lema de vida. 


É fazer parte de um símbolo.


É arder por dentro, lutando sempre, mesmo que completamente destruída e arrasada no chão.

DIA MUNDIAL DA JUVENTUDE '12 é criar história e ter a certeza que, um dia mais tarde, esta criação vai ser motivo de sorrisos e lembranças boas... daquelas que enchem o coração de certezas de que o correcto a fazer é ser-se fiel ao que se é! 

Eu não mudei... eu cresci. 
E, hoje, tive a prova disso.