quinta-feira, 8 de março de 2012

Porque não?



Ame. Apaixone-se. Erre. Erre quantas vezes forem necessárias... Sorria. Brinque. Chore. Beije. Morra de amor... Sinta. Sonhe. Cante. Grite. Viva... O fim nem sempre é o final. A vida nem sempre é real. A roda nem sempre é gigante. O passado nem sempre passou. O presente nem sempre ficou. O hoje nem sempre é agora. O tempo... o tempo não pára. O destino é o que baralha as cartas, mas nós somos os que as jogamos. |William Shakespeare|

2 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Unknown disse...

Apaguei o outro comentário porque parece que não há mais "texto".Está fantástico!!!