terça-feira, 10 de maio de 2011

Detesto quando me dá para panicar...



Tenho cá para mim que, por vezes, o meu gene da estupidez torna-se dominante! É extremamente triste e desagradável que eu lhe falhe no apoio que merece e precisa. Em confronto com possíveis situações de ausência e, mediante uma pergunta que só podia ter como resposta um SIM, eu estive mal. Estive muito mal, até! O pior, no meio disto tudo, é que não sentia nada do que proferi... e isso leva-me a acreditar que tenho um problema grave. Posso usar como argumento o facto de termos tido experiências similares que não correram bem. E é aí que me desiludo a mim mesma... porque eu nunca fui tanto de querer desistir à primeira adversidade como lhe tenho mostrado nos últimos tempos. E isto não é falta de amor, estou ciente disso. É gostar a tal ponto que me dão os cinco minutos de estupidez e neurose e qualquer dia acabo mesmo por estragar o que tenho!
Tenho cá para mim que, por vezes, o gene da estupidez não domina sozinho... recruta também o da burrice! Desculpa*

3 comentários:

Néua disse...

O facto de admitires, tenho para mim que já meio caminho andado para o perdão e principalmente, para a mudança :)

Hysteria* disse...

Mas eu às vezes consigo ser tão parvinha e tão burrinha que até magoa! Sou mesmo uma drama queen! :(

Palavra Já Perdida disse...

Se estás arrependida, só tens de remediares :)
Força nisso querida *