quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Mas porque é que está meio mundo a sentir-se defraudado com a estratégia de marketing da Cacharel?!



Aquando do conhecimento da notícia achei fofinho e hilariante e, a ser real, era algo único e corajoso, nos tempos que correm. Veio meio mundo pôr em causa a sanidade mental do rapaz, chamou-o de stalker. Eu fui deixando os dias passar e fui tomando conhecimento dos desenvolvimentos da história. Passou para a TV, para jornais e, aí sim, comecei a achar que a acção era um bocadinho mais do que aquilo que nos fizeram acreditar que seria. Mas aguardei. Não me sinto de todo defraudada por ter acreditado que ainda seria possível alguém correr o mundo e accionar os meios que pudesse para descobrir outro alguém que não gostaria de perder contacto. Não me sinto de todo defraudada por tocarem numa temática tão complexa como é o caso das relações humanas. Fico é triste por constatar que, numa grande parte das pessoas, o conformismo e o cepticismo habitam todo um coração e uma vida, não dando sequer hipótese ao puro acto de sonhar. Não se permitem a acreditar em algo que foge ao óbvio, ao compreensível e ao racional. Diz-se por aí que é a forma mais inteligente de viver, evitando o sofrimento. 
Quanto a mim, acho que vou continuar a ser burra, aguentando as consequências de tal decisão. É que já não é a primeira vez que a minha falta de esperteza me leva a viver momentos inesquecíveis de tão perfeitos que foram, a roçar o impossível aos olhos de muitos, só porque me permiti a esse condenável acto de sonhar.

3 comentários:

Lux disse...

Minha querida, penso que o cerne da questão ultrapassa o querermos ou não acreditar em certas histórias, o nosso romantismo (ou a falta dele). Trata-se de uma publicidade que não sendo juridicamente "enganosa" é de má-fé porque espalharam uma mentira.
Só isso.

Lux

From now on, please, call me Tinkerbell* disse...

Pode ter sido baseado em casos reais! LOL :P
Isto a mim só me dá para rir, tendo em conta que não afecta em nada a vida que levo.
Até vou passar por lá para ver se o perfume insinua "Catch me" por si só! :D

Poppy disse...

Foram precisamente as pessoas que não são conformadas e cépticas em relação aos sonhos e ao romance que acreditaram que poderia ser real, e foi precisamente por isso que se sentiram defraudadas... Eu lembro-me, acho que foi em 2009 ou 2010 um moço que estudava em Coimbra criar uma página no facebook em busca de uma mocinha que tinha conhecido na noite anterior, por isso continuo a acreditar que histórias destas podem acontecer sim, mas esta foi uma tremenda chachada que ainda para mais não foi nada discreta :) I´m a dreamer and I know it!

Nice Blog*