domingo, 14 de novembro de 2010

Por vezes não dá...


... para simplesmente fazer o que é considerado correcto. Hoje não tenho cabeça, nem humor, para contrariar a preguiça e o cansaço. Hoje não quero ser o exemplo que todos esperam que eu seja. Hoje não quero ser a paciente e a compreensiva, nem a tolerante e a optimista. Hoje só quero poder ter o meu lado lunar a funcionar, sem que ninguém opine ou julgue. Apesar de saber que a minha atitude pode ser um tanto ou quanto descabida, é aquela pela qual optei no presente que vivo.

Quem inventou o que é socialmente correcto e aceitável, do ponto de vista de "manada", devia ter-se dedicado à pesca. É que os mentalmente menos abonados vão sucumbir a este facilitismo e, os que até pensam e dão uma ou duas costelinhas para serem justos e coerentes. acabam sempre por pagar uma factura bastante alta pelas suas escolhas personalizadas.

Hoje não me venham com utopias e lições de moral a roçar o cliché porque não estou para isso. Mau feitio, muito mau feitio... é a combinar com o tempo!


2 comentários:

Inês disse...

Miúda:
todos temos dias assim e ainda bem que eles existem!!!
Somos humanos,e temos dias bons e maus.

Hysteria* disse...

Ah pois temos temos... Mas vai aqui uma azia oh Inês! LOL